Balé Teatro Guaíra apresenta Romeu e Julieta em três estados

19/09/2016 - 14:59

O Balé Teatro Guaíra inicia neste sábado (24) a apresentação do espetáculo Romeu e Julieta por seis cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Estão no roteiro Caxias do Sul e Porto Alegre (RS), São Caetano do Sul e Piracicaba (SP), Florianópolis e Blumenau (SC).

Para este projeto de circulação será apresentada uma versão reduzida de Romeu e Julieta. A proposta partiu da direção do Balé Teatro Guaíra como forma de democratização e viabilização da obra, tornando-a acessível a diversos públicos. “Em 2015 tivemos retorno positivo deste projeto, alcançando um público estimado de 14 mil pessoas”, disse a diretora do Balé Teatro Guaíra, Cintia Napoli.

Para esta versão reduzida de Romeu e Julieta, o coreógrafo Luiz Fernando Bongiovanni trabalhou com uma equipe de profissionais conhecedores de William Shakespeare e de Sergei Prokofiev. “Do ponto de vista artístico, a experiência do maestro Luis Gustavo Petri e do diretor teatral Edson Bueno foram fundamentais para tal empreitada. A razão disso é que por um lado está a magnitude da música de Prokofiev, de difícil edição e, por outro, a estrutura dramatúrgica da obra de Shakespeare que sobrevive desde sua escrita”, afirma Bongiovanni.

A diretora-presidente do Teatro Guaíra, Monica Rischbieter, celebra as parcerias com as empresas O Boticário e Huhtamaki que permitirão a apresentação do espetáculo. “É um trabalho primoroso do Balé Teatro Guaíra e de Luiz Fernando Bongiovanni que deve ser visto. Uma das grandes montagens do BTG, que coloca esta companhia de dança entre as mais importantes do país”.

A circulação do Balé Teatro Guaíra com a montagem Romeu e Julieta tem o patrocínio de O Boticário e Huhtamaki, através da Lei Rouanet.

Circulação Romeu e Julieta

Caxias do Sul

Dia 24/9 às 21h

Teatro Pedro Parenti

Rua Dr. Montaury, 1333 - Centro

Porto Alegre

Dia 28/9 às 20h

Theatro São Pedro

Praça Mal. Deodoro, S/N - Centro Histórico

São Caetano do Sul

Dia 4/10 às 20h

Teatro Paulo Machado de Carvalho

Alameda Conde de Porto Alegre, 840

Piracicaba

Dia 11/10 às 20h

Teatro Erotides de Campo (Engenho Novo)

Av. Maurice Allain, 454 - Parque do Engenho Central

Florianópolis

Dia 21/10 às 20h

Teatro Ademir Rosa

Av Governador Irineu Bornhausen 5600 - Agronômica

Blumenau

Dia 27/10 às 20h

Teatro Carlos Gomes

Rua XV de Novembro, 1181 ? Centro

Ingressos: R$20,00 e R$10,00

Passos inovadores do Balé Teatro Guaíra

Na busca por novas linguagens e cruzamento de pensamentos artísticos, o Balé Teatro Guaíra tem investido em projetos de incentivo ao artista criador e intercâmbio entre bailarinos do BTG e artistas convidados. Assim como a Plataforma Novos Criadores, o Projeto Diálogos também é uma iniciativa importante na atualização e aprimoramento técnico artístico dos integrantes da companhia. “Estes projetos são, acima de tudo, experiências transformadoras para os artistas e passos inovadores do Balé Teatro Guaíra. A ideia é estender diálogos com diferentes artistas, ampliar o repertório individual e coletivo dos bailarinos e, desta maneira, continuar no caminho da excelência artística”, afirma a diretora do BTG, Cintia Napoli.

Na edição 2016 do projeto foram selecionadas duas propostas coreográficas com o objetivo de entrar para o repertório da companhia. A mostra aconteceu nos dias 21 e 22 de junho com as coreografias “Enxergando às cegas”, de Karin Chaves, e “Corpos Instáveis”, de Ane Adade e Patrícia Machado.

Além destes dois trabalhos de estéticas ousadas, houve inovação na forma como foi apresentada. O palco do auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão) serviu de plateia para este evento. Nesta concepção, o “Guairão do avesso” se mostra como nova perspectiva de apreciação dos espetáculos contemporâneos do Balé Guaíra.

Projeto Diálogo - intercâmbio artístico

Além de professores convidados, como Gladis Tridapalli (PR) e Edson Fernandes (SP), neste ano o Balé Teatro Guaíra fez importantes intercâmbios artísticos. Três coreógrafos da Alemanha (Katja Wachter, Christoph Winkler e Roberto Scafati) e um sul-coreano (Kim Jae Duk) ministraram cursos para o BTG.

A vivência entre os bailarinos e estes artistas convidados resultou em quatro peças coreográficas: I share (Katja Wachter), Lost my choreographer on the way to the dressing room (Christoph Winkler), Charme (Roberto Scafati) e Super Natural (Kim Jae Duk).

imagens
  • cascavel 2