Prova automobilística Cascavel de Ouro homenageia os migrantes

01/11/2017 - 12:06

Coroada como uma das principais provas do cenário automobilístico nacional, a "Cascavel de Ouro", que neste ano completa 50 anos, será dia 5 de novembro, integrando o calendário da programação do aniversário de 66 anos do Município de Cascavel.

O prefeito Leonaldo Paranhos, o organizador da prova, Edson Luiz Massaro, o presidente do Automóvel Clube Cascavel, Orlei Silva, e o presidente da Câmara de Cascavel, Gugu Bueno, apresentaram o novo troféu da prova que faz justa homenagem aos 'migrantes' que desbravaram o Oeste e escreveram os primeiros capítulos da "Capital do Oeste".

"O que temos feito aqui na Prefeitura é resgatar valores e dar sequência nestas marcas extraordinárias que temos em Cascavel. A Cascavel de Ouro projetou nossa cidade em nível nacional e internacional", disse o prefeito citando ainda a Expovel, o Show Rural Coopavel e também o resgate do Fercapo. "São segmentos variados que lançaram e preservam Cascavel no cenário nacional", destacou Paranhos.

JUSTA HOMENAGEM

O troféu traz reproduz as "rampas" da Praça do Migrante que, segundo Massaro, "é uma praça que homenageia aquele povo que veio para Cascavel há 60 ou 70 anos atrás e são estas mesmas pessoas que colocaram o automobilismo cascavelense no cenários nacional".

Os pilotos Daniel Kaefer, que venceu a prova em 2014, Thiago Klein, vencedor do ano passado, Cleber Fonseca, filho do saudoso Jefferson Fonseca, piloto que também ocupou a presidência do Automóvel Clube, e Jaci Pian, pioneiro do automobilismo de Cascavel, também participaram da apresentação dos novos troféus.

imagens