Trabalhador aposentado pode sacar mensalmente o FGTS

09/08/2018 - 18:02

Quem se aposenta pelo INSS e opta por continuar trabalhando pode sacar mensalmente os valores depositados pelo empregador no Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço - FGTS, desde que continue trabalhando na mesma empresa pela qual deu entrada no benefício previdenciário e permaneça com registro em carteira.

Caso o registro em carteira seja posterior à aposentadoria, o trabalhador somente poderá sacar o saldo do FGTS quando sair da empresa, seja por demissão ou por iniciativa do próprio empregado.

Para que o trabalhador consiga efetuar mensalmente os depósitos, basta procurar uma agência da Caixa Econômica Federal, apresentando um comprovante de residência, RG, CPF e documentos do INSS que comprovem a aposentadoria (carta de concessão do benefício).

De todo modo, sempre vale a pena sacar o valor disponível, pois o rendimento das contas de FGTS é de apenas 3% de juros ao ano, inferior até mesmo aos rendimentos da caderneta de poupança, que é em torno de 6,5% ao ano.

Kleber Souza Pinto é bacharel em Direito, professor universitário e servidor público federal

imagens