Conta de água vai subir: Sanepar pede reajuste na tarifa

09/04/2019 - 11:24
Em meio a queixas contra a qualidade dods serviços, Sanepar quer reajuste Em meio a queixas contra a qualidade dods serviços, Sanepar quer reajuste

A Agência Reguladora do Paraná (Agepar) está analisando, ainda sem data definida para conclusão, o pedido de reajuste da tarifa de água e esgoto feito pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Inicialmente, o reajuste seria deliberado em reunião do Conselho Diretor desta terça-feira (9), conforme comunicado divulgado pela própria Agepar. As informações são da Gazeta do Povo.

A Agência informou que a decisão sobre o reajuste foi adiada. No comunicado, o órgão diz que o adiamento se deve à necessidade de "concluir a análise técnica sobre o processo". Não há uma nova data definida para que o aumento seja apreciado na Agepar.

O pedido foi encaminhado pela estatal em março deste ano. Nem a agência nem a empresa, porém, detalham o porcentual de reajuste que foi requerido.

A Agepar também não informou se o pedido incluiu a revisão do reajuste escalonado de 25,63%, inicialmente previsto para ser aplicado até 2025. Em fevereiro, o presidente da Sanepar, Claudio Stabile, sinalizou que a empresa pediria à Agepar para antecipar a aplicação do aumento.

“Quanto mais tempo você posterga essa dívida, mais cara ela fica – e quem vai pagar essa conta é a população. Queremos agir de forma que os consumidores sejam menos penalizados pelo que não foi feito no passado”, disse Stabile após um evento para investidores.

HISTÓRICO DE AUMENTOS

A tarifa de água ficou congelada entre os anos de 2005 e 2010, durante a gestão de Roberto Requião (MDB). Depois desse período, conforme mostrou levantamento da Gazeta do Povo, os valores da conta de água começaram a subir, sempre acima da inflação. Em seis anos do governo de Beto Richa (PSDB), entre 2011 e 2017, o reajuste foi de 123,96% - acima da inflação do período, que ficou em 47,49%.

A justificativa da Sanepar para realizar os aumentos era de que a continuidade do congelamento prejudicaria o plano de universalização do saneamento. Ainda de acordo com a empresa, havia o risco de que os contratos com as prefeituras não fossem honrados se não houvesse o reajuste.

Além dos aumentos anuais, em 2017 a Agepar definiu um reajuste de 25,63%, escalonado em oito anos, para compensar o período sem aumentos. A previsão é de que o porcentual acabe de ser aplicado em 2025, se não houver mudanças no acordo.

O último reajuste da tarifa da Sanepar, de 2018, ficou em 5,12%.

link da notícia

https://www.gazetadopovo.com.br/parana/sanepar-reajuste-tarifa-agua-parana/

imagens