Frimesa investe R$ 1 bilhão no maior frigorifico da América Latina, em Assis Chateaubriand

09/10/2017 - 18:15
Números que impressionam Números que impressionam Foto: Google

A Frimesa começa no próximo dia 19 em Assis Chateaubriand a construção do maior frigorífico da América Latina. Os trabalhos serão executados em etapas. “Começaremos com toda a parte de infraestrutura, terraplanagem, escavações, fundações e esperamos que, em 8 a 10 meses, esteja concluída essa etapa para depois iniciarmos, então, a obra civil e as instalações.

Num primeiro momento, serão investidos R$ 600 milhões e, na outra fase, mais R$ 350 milhões, que possivelmente será lá por 2024, 2025. Nosso projeto prevê atingir 15 mil cabeças por dia no ano de 2030”, disse o diretor executivo da cooperativa, Elias Zydec.

Com sede em Medianeira, a Frimesa é uma central formada por cinco cooperativas e 4,9 mil produtores, parceiros e fornecedores. É a maior empresa paranaense de abate e processamento de suínos e está entre as maiores empresas do Brasil de recebimento de leite. Atualmente conta cinco unidades industriais.

Em Medianeira está localizado o complexo de processamento de carnes e as unidades de operação de leite em Marechal Cândido Rondon, Matelândia e Capanema, no Paraná, e Aurora, em Santa Catarina. Atualmente abate 6.500 suínos por dia, produz mais de 330 mil toneladas de alimentos por ano e processa diariamente 655.132 litros de leite.

imagens