Oeste ganha Centro de Endoscopia que vai beneficiar 2 milhões de pessoas

11/06/2018 - 18:30
O deputado com diretores do HUOP O deputado com diretores do HUOP Foto: Assessoria

Depois de vários anos de luta, o deputado Alfredo Kaefer (PP-PR) anunciou a instalação de um moderno Centro de Endoscopia Digestiva no HUOP. Os recursos na ordem de 700 mil reais já foram garantidos através de emendas do deputado.

“A fila é enorme, este será o fim da angustiante espera para mais de 3 mil pacientes de todo a região que precisam de exames que podem evitar o desenvolvimento de várias doenças, como o câncer por exemplo. Esta é uma demanda de mais de 20 anos do hospital”, lembra o deputado.

O exame de endoscopia é de importância fundamental para a confirmação e diagnóstico de qualquer alteração do esôfago, estômago e duodeno, e permite a coleta de biópsia para diagnóstico e posterior tratamento. Com o resultado em mãos, é possível verificar a procedência de sintomas, como dores abdominais persistentes, náuseas, vômitos ou dificuldade de deglutição. O exame é rápido e dura em torno de 15 minutos.

FUNCIONAMENTO

Os equipamentos já foram adquiridos e devem chegar nos próximos dias, com um prazo de mais 20 dias para instalação e entrada em funcionamento em torno de um mês. Os recursos garantiram a compra dos equipamentos com tecnologia de ponta que vai atender a demanda por, pelo menos, uma década e meia.

“Com esse equipamento o resultado do exame terá uma imagem mais nítida, uma qualidade maior. Vai facilitar o entendimento da doença, o seu diagnóstico, e permitir uma resolutividade muito maior”, comenta o diretor administrativo do HU Rodrigo Suzuki.

Com a entrada em funcionamento do Centro de Endoscopia Digestiva será possível economizar R$ 45 mil por mês, gastos hoje com empresa terceirizada que presta este serviço ao HUOP. Recursos, que poderão ser utilizados para fazer melhorias no hospital nas mais variadas áreas.

A equipe médica já está montada, e conta com técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos. Para atender a demanda reprimida, o HUOP estuda junto com a Secretaria de Saúde de Cascavel um mutirão, assim que o centro definitivamente entrar em funcionamento.

POPULAÇÃO BENEFICIADA

A direção do hospital garante que os exames serão feitos de forma gratuita e disponibilizados 24 horas, com escala de plantão. Posteriormente, serão fechados convênios para o encaminhamento de pacientes do Cisop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná).

O Hospital Universitário do Oeste do Paraná atende uma população de dois milhões de habitantes, que mais adiante também serão beneficiados pelo Centro.

“Saúde é o que importa, e nós estamos fazendo a nossa parte para atender a população de Cascavel e região com o que há de melhor em matéria de equipamentos e profissionais”, concluiu Kaefer.

imagens