Huop recebe novo aparelho de Ressonância Magnética

24/10/2018 - 10:33
Diretores do Hospital com assessores do deputado Evandro Roman Diretores do Hospital com assessores do deputado Evandro Roman

Foi entregue ao Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) uma cópia de empenho de emenda parlamentar no valor de R$ 3,5 milhões, valor que será destinado a compra de um aparelho de Ressonância Magnética e foi de repasse do deputado federal Evandro Roman. Os assessores parlamentares do deputado, Alexandre Guerino e Jose Benedito Sdebski, estiveram no Hospital para entrega oficial da emenda.

O aparelho de Ressonância Magnética de 1,5 tesla é de última geração, pode ser utilizado para examinar órgãos, tecidos e o sistema esquelético. Produz imagens de alta resolução do interior do corpo que ajudam a diagnosticar uma variedade de problemas como câncer, fraturas, esclerose múltipla, infarto e infecções. A previsão é atender a demanda de pacientes que aguardam por exames de ressonância.

De acordo com o superintendente do Centro de Imagens do Huop, Narciso Comissio, o equipamento vem para aprimorar ainda mais o diagnóstico em várias especialidades atendidas pela unidade de saúde. “Há muitos anos o Huop espera por essa conquista. São muitas pessoas que precisam, muita gente vai usufruir”, esclarece.

O Huop atualmente atende toda abrangência da 10° Regional de Saúde, correspondente a 25 municípios. São aproximadamente dois milhões de habitantes beneficiados com exames de alta precisão.

Rodrigo Suzuki, diretor administrativo do Huop, ressalta a importância deste avanço: “os investimentos no Centro de Imagens tem demonstrado resultados positivos para a população, nesta linha, este aparelho nos abre a possibilidade de aumentar as parcerias existentes com a prefeitura e com a Uopeccan que também demonstrou interesse nos exames de ressonância que teremos”.

O Hospital Universitário possui um avançado Centro de Imagens que somado ao novo aparelho de ressonância se torna referência na região, sendo o primeiro hospital a oferecer este serviço 100% via SUS. “Só temos a agradecer o empenho de todos que se dedicaram a esta conquista, sabemos que é uma luta antiga”, finaliza Rodrigo.

Texto: Julia Neris

imagens