Alvaro Dias ganha apoio de Mourão para presidir o Senado

18/12/2018 - 20:10

O senador paranaense Alvaro Dias, que disputou a Presidência da República pelo Podemos, é um dos cotados para comandar o Senado Federal na próxima legislatura, a partir de fevereiro de 2019. Para isso, ele ganhou um padrinho de peso, segundo o portal BuzzFeed News: o general Hamilton Mourão, vice-presidente eleito na chapa com Jair Bolsonaro (PSL).

Dias participou de um jantar pelos 25 anos do PRTB, o partido de Mourão, na sexta-feira (14), em São Paulo (foto). O evento também festejou a diplomação do general pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foi convidado por Levy Fidélix, eterno presidente da sigla e um dos articuladores da costura política que conduziu o general ao posto de vice-presidente da República.

O senador sentou-se ao lado de Mourão, que disse que gostaria de vê-lo como presidente do Senado ou como líder do governo na Casa. O apoio do militar é mais do que bem-vindo a Alvaro Dias. Mourão já demonstrou mais de uma vez que pretende ter voz e um papel ativo no novo governo. Recentemente, travou uma queda de braço com o ministro extraordinário da Transição, Onyx Lorenzoni, que resultou em um enfraquecimento da influência do futuro chefe da Casa Civil.

O governo Bolsonaro vê com preocupação a candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL) à presidência do Senado e busca alternativas que possam fazer frente ao favoritismo do emedebista. O Podemos terá em 2018 cinco dos 81 parlamentares do Senado; o PSL, quatro; e o PRTB, nenhum. (Gazeta do Povo)

imagens