Cascavel vai mais que triplicar o investimento no campo em três anos

05/10/2018 - 16:45
Deputado federal Evandro Roman: importante parceiro de Cascavel Deputado federal Evandro Roman: importante parceiro de Cascavel

A vida dos agricultores, atores importantes da economia de Cascavel, terá em apenas três anos um salto de qualidade que não teve em décadas a fio. Isso se tornará realidade com a realização do maior investimento da história do Município em recuperação e pavimentação de estradas rurais, trabalho que já teve início e será acelerado nos próximos meses com a recente incorporação, à frota da Secretaria da Agricultura, de nove caminhões-caçamba, um caminhão-prancha para transporte de máquinas e três rolos compactadores, adquiridos com recursos de um empréstimo de R$ 8 milhões junto ao Banco do Brasil.

"Mas isso tudo não teria sido possível não fosse a ação do deputado Evandro Roman, que apenas junto à Itaipu Binacional conseguiu perto de R$ 80 milhões em recursos a fundo perdido para o Município, R$ 19,5 milhões só para investimento no nosso interior", reconhece o engenheiro agrônomo Agassiz Linhares Neto, que deixou a administração há duas semanas para cuidar dos negócios particulares e se colocou à disposição do prefeito Leonaldo Paranhos para reassumir a secretaria em fevereiro próximo.

"Em 2017 tínhamos um orçamento de R$ 10,5 milhões e investimos entre R$ 16 e 17 milhões, vamos fechar 2018 com um investimento de aproximadamente R$ 22 milhões, e para 2019 já temos um orçamento de R$ 38 milhões", ressalta Agassiz, lembrando que para chegar a esses valores também há R$ 23,6 milhões de contrapartida do Município.

MAIS DE 365 KM

Esse mega programa de investimento nas estradas rurais de Cascavel dentro da parceria com a Itaipu viabilizada por Roman prevê 150 km de readequação, 100 km de calçamento com pedras irregulares, 75 km de cascalhamento e 43 km de colocação de camada asfáltica sobre pedras irregulares já existentes. "Em 30 anos foram feitos 30 km de pedras irregulares e em apenas três anos serão feitos 100 quilômetros", compara Agassiz Linhares.

Essas obras todas estão divididas em 43 trechos, 13 dos quais já foram licitados e cinco já estão em obras. "A licitação dos trechos restantes está na dependência apenas da liberação de um empréstimo de R$ 12 milhões do Banco do Brasil, que já foi autorizado e entrará como contrapartida do Município no programa", conclui Agassiz. (Foto: Secom)

imagens