Santos Dumont terá Centro de Eventos da Cidadania

11/02/2020 - 13:13

Uma demanda de mais de 30 anos da comunidade do Santos Dumont agora finalmente sairá do papel. Os moradores do bairro reivindicam a revitalização do Salão Comunitário há décadas, no entanto, foram preteridos pelas gestões anteriores. Porém, a história mudou: o prefeito Leonaldo Paranhos assinou ontem (10), a ordem de serviço para o início das obras no local, que vai transformar o antigo espaço em um Centro de Eventos da Cidadania. Os investimentos têm valor máximo de R$ 524.032,57.

O projeto de revitalização do salão comunitário é do arquiteto Marco Fernandes.

O prefeito fez questão de assinar a ordem de serviço ao lado dos moradores e assegurou ainda que as obras não vão tardar, uma vez que já começarão na próxima semana. “Nós temos um novo conceito de governo: ouvindo as pessoas. E agora teremos um novo conceito de Salão Comunitário, em outro nível: o de um Centro de Eventos, para o morador poder realizar o casamento da filha aqui, o aniversário das crianças, pois será um lugar bonito de ser ver”, avalia o prefeito. 

Conforme o gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o Cocão, a obra inédita em Cascavel será um modelo para os salões dos outros bairros. “Temos 12 territórios, o objetivo é fazer um Centro de Eventos desse em cada um para trazer um espaço mais confortável e aconchegante para a população. O Centro de Eventos tem um formato diferente, ele vem para suprir a necessidade de um espaço para grandes eventos. Muitas vezes as pessoas têm dificuldades um local para um casamento, um aniversário, ou algum tipo de apresentação. Esse conceito de reformulação vai trazer melhoria para que possa ter esses eventos dentro da comunidade”, explica ele, reforçando que dentre as reformas estão previstas a readequação, o levantamento do teto, a colocação do piso e a ampliação do espaço.

O presidente da Associação de Moradores do Santos Dumont, Agir da Silva, comenta a importância da obra para a comunidade da região. “Hoje, se a população quiser fazer um evento grande aqui, não tem condições, mas com a reforma vai conseguir fazer muitos eventos, sem precisar depender de espaços fora da comunidade, que são bem caros. Aqui, será um preço acessível”, pontua.

 Morador há 47 anos do bairro Santos Dumont, Amadeu Ritter de Moraes, é enfático. “Para nós é uma luta de vários anos. É um empenho de toda a comunidade. Uma promessa de governos anteriores que está sendo cumprida agora. Não é mais um sonho, é uma realidade o que estamos vivendo”, relata orgulhoso.

imagens