Polícia Civil prende assaltantes de joalheria em menos de 24 horas

20/02/2019 - 16:18

O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), da Polícia Civil do Paraná, prendeu nesta terça-feira (19) Leonardo de Sena, 24 anos, suspeito de assaltar uma joalheria do Shopping Mueller, de Curitiba. O rapaz, que é foragido da prisão, foi encontrado pelos policiais no bairro Sitio Cercado, menos de 24 horas após o assalto. As informações foram divulgadas pelo delegado Rodrigo Brown em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (20).

Outro homem, Leonil Heidmann Prestes, de 25 anos, suspeito de receptar um dos objetos furtados, também foi detido. A prisão dele e de Sena ocorreu após tentativa de fuga e troca de tiros, que não deixou nenhum ferido. Um terceiro indivíduo suspeito de participação no roubo está sendo procurado pelo Cope. Segundo a investigação, o prejuízo a loja chegou a quase R$ 80 mil.

“Esse tipo de crime é inaceitável na capital. Os shoppings centers são refúgios de segurança. Por isso, é prioridade total trabalharmos de maneira firme e concreta para que esse tipo de crime não ocorra mais aqui. Nas próximas horas queremos prender o outro suspeito para que permaneça fora das ruas”, disse Brown.

AÇÃO – O delegado informou que a equipe foi acionada na tarde de segunda-feira, assim que ocorreu o roubo no shopping. As imagens das câmeras do circuito interno do estabelecimento registraram toda a ação dos bandidos e mostraram o pânico causado nas pessoas que circulavam pelo local.

“Imediatamente nossas equipes passaram a diligenciar e conseguiram identificar o assaltante. Localizamos a residência e, inclusive, os próprios familiares confirmaram que se tratava do suspeito nas filmagens. Ele estava foragido da Colônia Penal Agrícola do Paraná, em Piraquara, onde cumpria pena por roubo e receptação”, disse Brown.

De acordo com o delegado, no momento da prisão, além de trocar tiros com a polícia, o rapaz tentou se livrar de um celular. A polícia encontrou no aparelho vídeos do assalto e um áudio dele reclamando que as imagens já estavam na mídia, preocupado com a prisão.

Na ação, a polícia ainda recuperou dois relógios roubados e apreendeu um veículo, que teve o vidro traseiro quebrado durante o confronto. Também foram apreendidas roupas de marcas famosas, compradas com o dinheiro da venda dos objetos roubados. Um simulacro de arma de fogo e o celular do suspeito também foram apreendidos.

imagens
  • cascavel 2