Macrorregião Oeste apresenta o menor crescimento em número de novos casos de Covid-19

12/08/2020 - 14:33

O Boletim Informativo da Secretaria de Saúde de Cascavel desta quarta-feira (12) mostrou um crescimento em todas as macrorregiões do Paraná, em relação ao número de novos contaminados pela Covid-19. No entanto, a Macrorregião Oeste (10ª Regional de Saúde) obteve o menor crescimento de casos do novo coronavírus: +6,9%. A macrorregião Oeste é composta por 25 municípios.

Ao contrário da macrorregião do Francisco Beltrão (8ª Regional de Saúde), onde os casos cresceram 35% na comparação com os últimos sete dias. A 10ª Regional de Saúde já chegou a ocupar o primeiro lugar na incidência de novos casos, porém, atualmente, Paranaguá (1ª Regional de Saúde) lidera a estatística, seguida de Foz do Iguaçu (9ª Regional de saúde).

No município de Cascavel, a alta taxa de recuperados pela doença seguem em constância: 95,7% dos casos. Além disso, a taxa de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria para tratamento contra a Covid-19 está entre as menores da macrorregião: 45,6% (UTI) e 49,1% (Enfermaria).

“Os números demonstram que não desaceleramos em nossas ações estratégicas de continuar oferecendo o suporte necessário à população que procuram as unidades de saúde, as UPAS e demais serviços. A resiliência acompanha o dia a dia da Secretaria Municipal de Saúde para continuar na luta contra a Covid-19; transparência em ações e atos atestados pelo Ministério Público do Paraná vêm laurear esse trabalho desempenhado até agora”, enfatizou o Secretário Municipal de Saúde, Thiago Daross Stefanello.

“Por isso, o uso de máscaras, higienização das mãos com álcool em gel 70%, distanciamento e isolamento social precisam ser aliados de todos nesta pandemia. Cuidar dos seus familiares e amigos é fundamental para que possamos sair vitoriosos”, finalizou Thiago.

imagens
  • cascavel 2