Cascavel de Ouro define data para 2018 e amplia premiação a R$ 150 mil

07/12/2017 - 17:48
O piloto Edson Massaro segue como promotor e organizador da Cascavel de Our O piloto Edson Massaro segue como promotor e organizador da Cascavel de Our 07Fotos: Cleocinei Zonta/Grelak Comunicação

Marcada para 18 de novembro, 32ª edição da corrida mais tradicional do estado mantém regulamento técnico do Paranaense de Marcas & Pilotos A corrida mais tradicional do automobilismo paranaense já tem data para reunir pilotos de todo o Brasil na próxima temporada. O Automóvel Clube de Cascavel confirmou nesta quinta-feira (7), pouco mais de um mês da histórica prova cinquentenária vencida por Marcel Sedano e Valmor Emílio Weiss, que a 32ª edição será disputada no dia 18 de novembro de 2018 no Autódromo Internacional Zilmar Beux.

O anúncio formalizou, também, a sequência da parceria do Automóvel Clube com o piloto e advogado Edson Luiz Massaro, que assume pela segunda edição consecutiva a promoção da Cascavel de Ouro. “A prova de 2017 foi perfeita, um sucesso total, sem que tenhamos enfrentado um único problema. E estabelecemos vários recordes. No ano que vem a Cascavel de Ouro será ainda maior e melhor”, afirmou Massaro.

O evento mantém o formato adotado nas últimas quatro edições, com o grid reunindo carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6. O regulamento padrão continua sendo o do Campeonato Paranaense. “Quanto a regulamentos, nós vamos oficializar e divulgar aos pilotos e às equipes tanto o desportivo quanto o técnico até início de fevereiro”, adiantou Massaro. “Alguns itens serão revistos em relação ao da corrida deste ano”.

FAIXA MAIS AMPLA

A vitória na corrida de 5 de novembro de 2017 valeu a Sedano e Weiss o inédito prêmio em dinheiro de R$ 100 mil, além do troféu Cascavel de Ouro. “Já podemos confirmar que em 2018 serão R$ 150 mil e que a faixa de premiação será mais ampla”, explicou Massaro, lembrando. Neste ano, na edição que marcou os 50 anos de história do evento, o prêmio em dinheiro foi direcionado exclusivamente aos vencedores.

A dupla ou trio que conquistar a vitória na prova de 18 de novembro terá direito, igualmente, a um prêmio de R$ 100 mil. O segundo lugar vai valer um prêmio de R$ 20 mil. Terceiro e quarto lugares na corrida darão direito a R$ 12 mil e a R$ 8 mil, respectivamente. A equipe quinta colocada receberá R$ 5 mil, mesmo prêmio reservado aos pilotos que conquistarem a pole position. “É uma premiação única no Brasil”, destacou o promotor.

A Cascavel de Ouro estabeleceu recordes em 2017. Foram 56 os carros inscritos, totalizando 121 pilotos de 14 estados brasileiros e do Distrito Federal. As três horas de disputas foram transmitidas ao vivo pelo Bandsports e pela Band Internacional. “Esses números serão ainda mais expressivos na próxima edição, o que reflete também em qualidade do evento. A história da Cascavel de Ouro vai ser tornar ainda mais forte”, finalizou Massaro.

 

imagens