Sábado, 16 de Outubro de 2021
(45) 99981-0457
Educação Paraná

Governador entrega novos uniformes para alunos da escola cívico-militar de Jandaia do Sul

Conjunto conta com camiseta, abrigo e moletom. Nos próximos dias serão entregues o fardamento completo, com farda, calça-farda, jaqueta tactel e bo...

03/09/2021 13h45
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
© Ari Dias
© Ari Dias

O olhar determinado entrega a empolgação da jovem Eva Maria Gonzaga Santana, aluna do 7°B do Colégio Estadual Cívico-Militar Jandaia do Sul, no município de mesmo nome, no Vale do Ivaí. Ela é uma dos 485 alunos que voltaram para a casa nesta sexta-feira (03) com um novo kit de uniforme, entregue pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior durante evento no ginásio da escola.

O conjunto conta com camiseta, abrigo e moletom. Nos próximos dias serão entregues o fardamento completo, com farda, calça-farda, jaqueta tactel e boina. Ao todo, serão destinados pelo Governo do Estado 125 mil kits para alunos dos 197 colégios cívico-militares em funcionamento atualmente no Paraná.

O investimento por parte da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte foi de R$ 45.643.025,00, uma economia de 34,63% em relação ao valor máximo inicial previsto no pregão eletrônico, de 69.825.000,00.

“Esse é um projeto encantador, que vai sem dúvida nenhuma melhorar a qualidade da educação no Paraná, aliando a oferta de um ensino de qualidade com a disciplina e organização militar. Era um pedido antigo da população que decidimos fazer acontecer. Serão mais de 200 escolas como essa pelo Paraná, o maior projeto do País”, ressaltou Ratinho Junior.

“Entregar o uniforme é mais um passo na consolidação da proposta, que já é um sucesso”, acrescentou.

Ele ressaltou que o Governo do Estado está fazendo uma transformação no modelo educacional nos últimos dois anos. Além da implantação dos colégios cívico-militares, também passaram a ser oferecidas disciplinas deEducação Financeira,ProgramaçãoeRobótica, pensando no futuro dos estudantes paranaenses. “É uma ruptura de um modelo que funciona desde os anos 1980 e precisava ser atualizado”, destacou.

PROPOSTA– A proposta cívico-militar é uma parceria entre a Educação e a Secretaria de Estado da Segurança Pública. Neste ano, 199 colégios da rede estadual aprovaram a adoção do modelo. A decisão foi tomada após consulta pública com professores, funcionários, alunos maiores de 18 anos e pais e responsáveis legais de estudantes das escolas.

Com o novo formato, os alunos terão aulas adicionais de Português, Matemática e Civismo, com ênfase no estudo de leis e cidadania. Os estudantes do Ensino Médio também terão aulas de Educação Financeira.

Além disso, a gestão dos colégios é compartilhada entre o diretor civil e o militar. O primeiro permanece encarregado das questões pedagógicas e o outro é responsável pela infraestrutura, patrimônio, finanças, segurança e atividades cívico-militares. Cada escola tem de dois a quatro monitores militares, conforme a quantidade de alunos.

O programa é o maior do País na área, com investimento de cerca de R$ 80 milhões.

“São escolas que já estão fazendo a diferença, aplicando ensino, motivação e valores. Isso não tem preço. Professores e diretores estão unidos buscando fazer a diferença na vida desses estudantes”, disse o secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

Diretor civil do Colégio Jandaia do Sul, Vladimir Matioli explicou que a nova modalidade de ensino tem uma matriz curricular maior, com seis aulas diárias (30 por semana). A gestão, lembrou ele, é compartilhada entre civis e militares, sendo o diretor-geral e o diretor auxiliar (quando a escola necessitar) civis.

“É uma honra ser diretor de uma escola como essa. A criação dessas escolas estabeleceu um novo marco na educação do Paraná. É um marco na história do Estado, uma revolução que agrada o país, professores e alunos”, afirmou.

Opinião compartilhada com ênfase pela Eva. “Faz um ano que estou aqui e pude ver como tudo melhorou, ficou mais bonito e organizado”, contou a aluna.

VIATURAS– Durante a cerimônia, o Governo do Estado entregou também duas novas viaturas (uma da Polícia Militar e outra da Polícia Civil) para Jandaia do Sul, com o objetivo de reforçar as ações contra o crime e oferecer melhor atendimento ao cidadão da região. Os veículos, duas caminhonetes modelo Trailblazer, foram adquiridas por meio de emendas parlamentares e custaram R$ 188.800,00 cada uma.

A viatura da PM será entregue à 1ª Companhia do 10º Batalhão de Polícia Militar (10º BPM), e vai ser utilizada no policiamento ostensivo e preventivo das cidades de Jandaia do Sul, Califórnia, Marilândia do Sul, Mauá da Serra, Cambira, Novo Itacolomi, Rio Bom, São Pedro do Ivaí, Bom Sucesso, Kaloré e Marumbi.

A caminhonete entregue à Polícia Civil será aplicada pelas equipes da Delegacia de Polícia de Jandaia do Sul, permitindo maior mobilidade dos profissionais nas atividades investigativas, principalmente nas localidades rurais e de difícil acesso, a fim de melhor atender a população da região.

“Fomos prontamente atendidos quando solicitamos essas novas viaturas. É um trabalho ininterrupto para levar mais segurança a todos os cidadãos paranaenses”, comentou o prefeito de Jandaia do Sul, Lauro Júnior.

PRESENÇAS– Participaram do evento os secretários Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) e Beto Preto (Saúde); o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti; os deputados federais Felipe Francischini e Luísa Canziani; os deputados estaduais Do Carmo, Soldado Adriano José, Cobra Repórter, Evandro Araújo, Doutor Batista e Delegado Jacovós; o vice-prefeito de Jandaia do Sul, Dionísio Costa Alves; o presidente da Câmara Municipal de Jandaia do Sul, João Paulo Bósio; além de prefeitos e outras lideranças políticas e empresariais da região.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias