Sábado, 27 de Novembro de 2021
(45) 99981-0457
Turismo Paraná

Planos operacionais das 15 regiões turísticas do Paraná passam por atualização

Objetivo é monitorar e avaliar se os objetivos e estratégias previstos no Masterplan 2026 seguem no caminho desejado, que é transformar o Estado em...

10/10/2021 09h35
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
© Paraná Turismo
© Paraná Turismo

Os planos operacionais das 15 regiões turísticas (RTs) do Paraná passam por atualização. O trabalho é realizado pela Paraná Turismo e conta com a parceria das Instâncias de Governança Regionais (IGRs), através de oficinas com a participação de representantes de prefeituras, do setor turístico, do Governo do Estado, realizadas em todas RTs.

As IGRs são organizações com participação do poder público e de atores do setor privado, com envolvimento municipal. Elas têm o papel de coordenar e fomentar o que foi definido na Política Estadual do Turismo.

As atividades de atualização dos planos começaram no mês de julho e seguem até dezembro deste ano. A primeira foi na Região Turística Sul do Paraná, a mais recente criada no Estado. As oficinas também já aconteceram nas Rts dos Campos Gerais, Vales do Iguaçu (Sudoeste) e Região Riquezas do Oeste. Estão programadas para ainda este mês nas regiões do Vale do Ivaí, Norte Pioneiro, Norte do Paraná, Corredores das Águas, Terra dos Pinheirais, Entre Matas e Morros e Rios.

ESTRATÉGIAS- A atualização dos planos operacionais faz parte do Masterplan Paraná Turístico 2026: Pacto para um Destino Inteligente, programa responsável por colocar em prática a Política Estadual de Turismo e que foi consolidado pelo Conselho Paranaense de Turismo (Cepatur).

O intuito principal dos trabalhos é monitorar e avaliar se os objetivos, estratégias e macroprogramas dispostos na concepção do Paraná Turístico 2026 seguem no caminho desejado, que é transformar o Estado em um Destino Turístico Inteligente.

Um destino turístico inteligente é definido como espaço turístico inovador, consolidado sobre uma infraestrutura tecnológica de vanguarda, que garante o desenvolvimento sustentável do território, facilita a interação do visitante com o entorno e incrementa a qualidade da sua experiência no destino e a qualidade de vida dos residentes.

Para a assessora técnica da Paraná Turismo, Priscila Cazarin Braga, a principal missão desses eventos é rever o que foi construído a partir de 2016 com o Masterplan. “É momento para revisarmos o que foi construído como uma política de estado para o turismo paranaense”, diz. "O Paraná sai à frente quando se trata de política de estado para o turismo. Já temos uma política estadual consolidada desde o ano de 2008 e um plano com estratégias para os próximos anos".

REPERCUSSÃO –A Região Vales do Iguaçu, que tem como sede Francisco Beltrão, já recebeu a oficina de atualização e, de acordo com Célio Boneti, diretor da Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste - IGR Vales do Iguaçu, os objetivos foram alcançados. “O encontro oportunizou e contribuiu para o fortalecimento e relacionamento da IGR com os municípios, além das organizações parceiras e dos empresários dos segmentos turísticos aqui da região”, disse.

VISÃO -O Masterplan Paraná Turístico tem como horizonte o ano de 2026. A expectativa é de que, até lá, o Paraná seja reconhecido nos mercados nacional e internacional como um destino inteligente e inovador. Para isso, o programa atua com base na melhoria contínua da promoção do turismo, valorizando e respeitando as características de cada região. São discutidos programas, projetos e ações que permitam que cada região possa alcançar suas respectivas metas. Depois, o material resultante são atrelados para formar macroações estruturantes.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias