Sábado, 27 de Novembro de 2021
(45) 99981-0457
Saúde Paraná

Suspenso na pandemia, curso técnico de Enfermagem do Estado é retomado

São 22 turmas integradas por cerca de 700 agentes comunitário de saúde e agentes de combate às endemias. Formação é oferta da pela secretaria estad...

23/11/2021 13h00
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
© Américo Antonio/SESA
© Américo Antonio/SESA

O ano letivo do curso técnico em Enfermagem da Escola de Saúde Pública do Paraná (ESPP) foi encerrado nesta segunda-feira (22). São 22 turmas que estão sendo preparadas para integrar as equipes de saúde de todo o Paraná, com aulas teóricas, práticas e estágios supervisionados.

Cerca de 700 agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, de vários municípios do Paraná, fazem parte da formação, que é ofertada pela secretaria estadual da Saúde, ESPP e Ministério da Saúde. Com duração de três anos, o curso teve início em 2018 mas foi interrompido por conta da pandemia, e agora tem previsão de conclusão em 2022.

“A formação desses técnicos é importante para a Saúde. Eles não pararam de trabalhar. Nos ajudaram durante a pandemia, estudaram e agora querem se formar”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, que acompanhou a solenidade de encerramento do ano. “Uma grande vitória pessoal de cada aluno e aluna. São mais técnicos para ajudar a cuidar dos paranaenses. Me animei muito ao conversar com esses alunos e conhecer suas expectativas, angústias e vitórias”.

 O diretor da ESPP, Edevar Daniel, falou sobre a expectativa para o início das atividades práticas do curso e formação dos alunos. “Queremos terminar este curso no ano que vem. Tivemos de parar e atrasou muito, mas agora, com o compromisso de todos, poderemos fazer uma grande formatura”, afirmou.

O curso prepara os participantes para atividades auxiliares, de nível médio técnico, atribuídas à equipe de Enfermagem. Eles também ficam capacitados a participar nas ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença; acompanhar a prestação de cuidados de Enfermagem a pacientes em estado grave; atuar na prevenção e controle da infecção hospitalar, das doenças transmissíveis em geral e de danos físicos que possam ser causados a pacientes durante a assistência em saúde.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias