Quarta, 22 de Setembro de 2021
(45) 99981-0457
Agricultura Paraná

Compra Direta Paraná é finalista de prêmio de boas práticas em políticas públicas

Por meio do programa são adquiridos alimentos destinados à rede socioassistencial, o que inclui restaurantes populares, cozinhas comunitárias, hosp...

05/08/2021 15h40
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
© José Fernando Ogura/AEN
© José Fernando Ogura/AEN

O programa Compra Direta Paraná, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, está entre os finalistas do Prêmio de Excelência em Competitividade 2021, do Centro de Liderança Pública (CLP), que visa reconhecer boas práticas desenvolvidas pelo poder público nos estados.

O programa paranaense integra a lista de finalistas junto com as iniciativas Paraíba Educa (PB), Programa Escola Digna (MA), Programa de Gestão Penitenciária (MA), Programa Parcerias Municipais (SP), Vida Nova nas Grotas (AL).

Neste ano, 280 políticas públicas de todo o Brasil foram inscritas no prêmio. Das seis finalistas, três serão vencedoras. Entre os critérios avaliados pela banca de seleção estão a inovação, competitividade, replicabilidade, sustentabilidade e equidade.

“O programa conseguiu mostrar o impacto positivo na vida da população, como comprovam os resultados das avaliações internas que realizamos no ano passado, e hoje se fortalece como política pública no Paraná”, comemora a chefe do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), Márcia Stolarski.

Por meio do Compra Direta são adquiridos alimentos destinados à rede socioassistencial, o que inclui restaurantes populares, cozinhas comunitárias, hospitais filantrópicos, entre outros. Também são atendidos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).

Atestada a entrega dos produtos nas condições exigidas pelo edital, o Estado faz o pagamento para a associação ou para a cooperativa habilitada.

SUSTENTABILIDADE E SAÚDE- O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, falou sobre o trabalho realizado. “Conseguimos fortalecer as redes de comercialização locais e regionais e estimular o cooperativismo e o associativismo, além de valorizar a alimentação saudável. O programa nasceu de uma preocupação com produtores rurais e consumidores paranaenses durante a pandemia, e o prêmio reconhece a importância dessa iniciativa”, diz.

O PROGRAMA- O primeiro edital do Compra Direta, em 2020, destinou R$ 20 milhões. Aproximadamente 12,5 mil agricultores vinculados a 147 cooperativas ou associações de pequenos produtores participaram. Eles forneceram gêneros alimentícios a mais de 900 entidades, com estimativa de atendimento a cerca de 530 mil pessoas.

O Decreto 7.306, de 13 de abril de 2021, transforma o Compra Direta Paraná em uma política de Estado. Os recursos são do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. Para este ano, está previsto um investimento de R$ 27 milhões. Foram contratadas 148 cooperativas e associações da agricultura familiar (18.052 agricultores) que estão entregando os gêneros em 1.100 entidades da rede socioassistencial. Ao todo, serão entregues 3.730 toneladas de 75 itens diversos.

RESULTADOS- Uma avaliação do programa em 2020 (Chamada Pública no 04/2020), realizada pela equipe do Desan, mostra os resultados: 54,2% das entidades filantrópicas beneficiárias avaliaram o programa como ótimo e 42,5% como bom; quanto à qualidade do produto entregue, os índices foram 48,3% (ótimo) e 47,8% (bom), respectivamente. Sobre a importância do Compra Direta para a entidade filantrópica, 87% avaliaram como muito importante e 13% como importante. Quanto à importância do programa para cooperativas e associações, 90,1% dos respondentes consideraram muito importante e 9,2% como importante.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias